BID estima 2,8 milhões a mais de pobres na América Central devido à pandemia

Cerca de 2,8 milhões de pessoas caíram na pobreza na América Central e na República Dominicana devido à pandemia, um aumento de 6%, de acordo com um novo estudo do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), que incentivou os governos a buscar redistribuição e inclusão políticas públicas para evitar possíveis explosões sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *