Capitão Adriano movimentou ao menos R$ 1,8 milhão em apenas um mês, diz MP

O ex-PM Adriano Magalhães da Nóbrega, apontado como o chefe de uma milícia na zona oeste do Rio e morto em uma operação policial em fevereiro de 2020 em Salvador, movimentou ao menos R$ 1,8 milhão em apenas um mês.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *