Caso Henry: como funciona software que achou dados apagados em celulares

Uma das principais contribuições que levaram à prisão do Dr. Jairinho (vereador expulso do Solidariedade) e Monique Medeiros pela morte do garoto Henry Borel, nessa quinta-feira (8), foi o conteúdo de mensagens nos celulares do casal. De acordo com a Polícia Civil, foi usado um software da empresa israelense Cellebrite para recuperação das conversas, que haviam sido apagadas anteriormente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *