CGU aponta irregularidades de até R$ 3,3 bi em benefício a idoso pobre

Um relatório da Controladoria-Geral da União (CGU) apontou problemas nos pagamentos do Benefício de Prestação Continuada (BPC) no ano passado, com custo mensal de R$ 277 milhões, o que corresponde a um valor anual estimado de R$ 3,3 bilhões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *