Funcionários da Google pedem mais proteção a quem denuncia assédio sexual

Cerca de mil trabalhadores da Google assinaram uma carta publicada online nesta sexta-feira (9) para pedir à empresa matriz Alphabet mais proteção para quem denuncia abuso sexual no local de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *