Lei permite prorrogação do novo auxílio, mas só se governo tiver dinheiro

A medida provisória que cria o novo auxílio emergencial limita os pagamentos a quatro parcelas por trabalhador, mas permite a prorrogação do benefício se o governo tiver dinheiro para isso. Apesar de a lei autorizar, na prática, a prorrogação seria um desafio para o governo, visto que não há orçamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *