Pandemia provocou ruptura estrutural do modelo de ajuste sazonal, diz IBGE

A melhora de 3,7% no volume de serviços prestados no País em fevereiro ante janeiro deve ser olhada com cautela, porque foi calculada com base em um modelo de ajuste sazonal que encontra dificuldades de apreender os efeitos da pandemia ao longo dos meses, apontou Rodrigo Lobo, gerente da Pesquisa Mensal de Serviços apurada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *