Robôs precisaram aprender a responder ao assédio feito por homens

O Bradesco, segundo maior banco privado do Brasil, lançou esta semana uma ação para dar respostas mais assertivas a mensagens de assédio e de preconceito de gênero contra o seu chatbot, a Bia ? robozinho dotado de inteligência artificial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *