Segundo canadense detido na China foi julgado em Pequim

Pequim, 22 Mar 2021 (AFP) – O julgamento de um segundo canadense detido na China por mais de dois anos por “espionagem” aconteceu nesta segunda-feira (22) a portas fechadas em Pequim, uma detenção que o Canadá considerou “arbitrária” e uma represália à prisão de uma executiva da Huawei em Vancouver.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *