Uma pequena empresa de cibersegurança resolveu a briga entre FBI e Apple

Uma pequena empresa de cibersegurança australiana chamada Azimuth foi a responsável por desbloquear oiPhone 5C de Syed Rizwan Farook, um dos terroristas por trás das 14 mortes a tiros em uma festa em San Bernardino (EUA) em dezembro de 2015. Na época, a Apple se recusou a desbloquear o aparelho para o FBI, agência da investigação do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *