Após sufocar Manaus, Pazuello corre o risco de ganhar a Amazônia

A mera especulação do nome de Eduardo Pazuello, ex-ministro em exercício da Saúde, para chefiar um futuro Ministério Extraordinário da Amazônia é um insulto. Não admira, portanto, que esse balão de ensaio venha do governo Bolsonaro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *